Como limpar e cuidar da cadeia da sua motocicleta?

Atire a primeira pedra que nunca desacelerou a partir da limpeza da moto! Esperar que a sujeira da cadeia chegue a uma situação crítica não é positiva para a vitalidade da sua moto, mas nem sempre poupa essa massa extra para um “clean” profissional. Por isso, aprender a limpar a cadeia de bicicletas em casa é a melhor opção.

Como já comentamos aqui no blog Bike Days, a limpeza doméstica de bicicletas deve ser feita com muito cuidado. Quando pensamos nas correntes, que a atenção é multiplicada, no final, qualquer descuido ou produto errado pode danificar os sindicatos e causar até mesmo um acidente.

Para ajudá-lo a surpreender a preguiça, e transformar a limpeza dos fluxos em um passatemço divertido, o Days Bike separou um passo-a-passo indispensável para ajudá-lo a selecionar os melhores produtos e garantir o crescimento para o tempo de vida de toda a relação da sua moto. Vamos lá?

Como limpar a cadeia da bicicleta? Passo a passo!

Antes de iniciar o processo de limpeza da cadeia a partir de sua moto, é importante separar alguns materiais indispensáveis que o ajudarão a eliminar sujeira e evitar problemas de corrosão ou ferrugem. Separe uma solução rampante, pincel pequeno (pode ser o dente), sabão em pó, lubrificante de corrente, pincel pequeno e água.

Comece removendo toda a sujeira do sistema de transmissão, o que inclui, além da corrente, as coroas, os catracons e as duas variações cambiais da moto. Antes de lavar esta parte com sabão e água, use o rampante com um pincel que oferece mais precisão para remover até mesmo a pouca sujeira.

Para limpar todos os elos da corrente com mais facilidade, use a escova de dentes com o desenfreado e armazene pequenos espaços que podem estar acumulando sujeira. Mantenha esse processo para quantas vezes for necessário, e lembre-se de interpartir com uma boa quantidade de água corrente.

Depois que todas as peças estão livres do desenfreado, é hora de misturar o sabão em pó com água e limpar as ligações novamente, agora para remover sujeira da rua, poeira e tudo mais. Aplique o sabonete também na roldana moeda de troca e no cassete, deixe a solução agindo por 10 minutos e enxágue tudo com água corrente.

Antes de colocar a moto para secar no sol, há um truque bastante importante para remover todo o excesso de água: segure dois pontos diferentes da corrente, com uma diferença mínima de 15 cm, e vire levemente com os dedos. Um bom sinal de que a corrente é limpa é quando o metal é sentido esfregando contra o metal sozinho, sem interferências.

Consulte nossas dicas sobre como interdeixar sua revisão de bicicleta!

Dicas para o processo de lubrificação

A lubrificação do fluxo de pós-limpeza é fundamental para devolver a maciez do atrito que o metal produz contra o metal. Mas atenção, apenas o óleo específico para bicicletas é capaz de exercer esta função com o imóvel. As opções de casa não garantem a aderência e a viscosidade daquele uso particular.

Para começar a lubrificação, coloque uma engrenagem intermediária na moto e, com a ajuda de um pincel, marque o primeiro link a ser lubrificado e siga esse “caminho” até completar toda a curva. A principal dica é iniciar na parte inferior, que permanece perto do solo, de modo que o excesso de olhos esteja “pingando” no próprio riacho.

Não exagera na quantidade de óleo, como o lubrificante mais presente lá, mas seu scissor é desenhado nas correntes. Para usar o mínimo possível de produto, os picos de dosagem são uma ótima opção. A economia também é importante porque todas as sessões de movimento, tanto traseiras como frontais, precisam receber lubrificação.

Manutenção essencial para o dia a dia

A manutenção diária da limpeza das correntes é muito importante para preservar o esforço que você dedicou a esse momento. Além de deixar a próxima limpeza muito mais prática, elimina os efeitos do tempo que pode desgastar ou danificar equipamentos e ainda melhora a sua experiência sob duas rodas.

Para saber o momento exato da manutenção, fique atento ao película de óleo úmido encontrado no fluxo lubrificante. Quando começa a se tornar um sheen metálico, chegou a hora de reaplicar o produto. Você percebeu o problema depois de um pedal?  Limpe a cadeia com um pano seco e aplique o lubrificante.

O terreno que pedalou a sua moto também pode interferir na periodicidade deste processo de manutenção e na limpeza das correntes. Estradas de terra muitas vezes eliminam a lubrificação com mais facilidade, já o asfalto promove a durabilidade. Caso você tenha notado que só o pano não remove a sujeira, chegou a hora de repetir minuciosamente a limpeza!

A limpeza das cadeias é muito importante para preservar a vida útil da sua motocicleta, e o funcionamento adequado dessas peças é essencial para evitar acidentes. Deixe a preguiça de lado, e siga nosso conselho para uma prática de manufatura prática, rápida e econômica.

Nosso blog está cheio de outras dicas imperdáveis para os amantes da bicicleta, não deixe de conferir o que há de novo sobre nossa loja online!

Fonte: blog.diasbike.com.br/bikers/limpar-e-conservar-a-corrente-da-bicicleta

Cart
Your cart is currently empty.