Impacto do covid 19 nas vendas

De que forma a pandemia do Covid-19 impactou nas vendas das empresas?

A pandemia da Covid-19 chegou de repente e mudou diversos segmentos da vida humana. De uma hora para a outra, pessoas precisaram ficar em casa, praticando o distanciamento social, e, com isso, todas as relações mudaram.

Home-office ganhou força e, em relação ao aspecto comercial, vendas de empresas foram altamente alteradas.

E o objetivo deste texto é comentar um pouco mais sobre este tema. De que forma a pandemia que assolou o mundo impactou nas vendas?

Esta resposta não é simples, mas é fundamental que seja discutida, principalmente para que as empresas possam entender melhor quais são os próximos passos para a retomada, quando a sociedade voltar a um “novo normal”.

Mudança de ferramenta de compra

O primeiro aspecto, que ficou bastante claro desde o princípio, foi a mudança de ferramenta de compra para boa parte da população.

Vendas online, por meio de marketplaces, se fortaleceram. O formato já vinha em crescimento ao longo do tempo, com a maior digitalização da sociedade. Mas, com a ruptura causada pela Covid-19, isso se intensificou.

Com mais demanda online, as marcas precisaram organizar suas lojas virtuais de forma mais clara, aumentar a capacidade de receber acessos simultâneos, entre diversos outros serviços. E aquelas empresas que ainda não apostavam neste formato, precisaram correr para se adaptarem.

Capacidade de convencimento

Momentos de crise também trazem desconfianças e preocupações para a população em geral. Uma delas é em relação ao futuro e à capacidade de se manter saudável financeiramente. Empregos ficam em risco e, portanto, é mais difícil convencer as pessoas a gastar em compras.

Portanto, outro impacto claro nas vendas diz respeito à necessidade de convencer o público da importância de realizar aquele investimento. Seja por meio de promoções, por convencimento da relevância ou por melhorias que façam o produto se valorizar, o fato é que isso também foi impactado e, por isso, exige atenção das marcas.

Comunicação com o público

Outro fator muito relevante é a comunicação entre público consumidor e empresa oferecedora do serviço. Enquanto as possibilidades de ir às lojas, olhar, tirar dúvidas e buscar a melhor opção existia, o comércio online tinha uma característica. Quando o virtual se tornou carro-chefe, a comunicação muda.

Se antes era possível automatizar mais as vendas na rede, com utilização de mensagens padrão e outros artifícios, agora a demanda é por um atendimento mais claro e personalizado.

O marketplace se tornou o lugar de compras mais complexas e nas quais ainda há questões e, com isso, é o local onde surgirão dúvidas. Por isso, a comunicação foi fortemente impactada e as marcas precisam atentar para isso.

Fornecer respostas padrão, por meio de robôs programados para a função, tira credibilidade e certamente incomodou vários clientes ao longo das compras. Por outro lado, quem “humanizou” a compra online ganhou pontos com o público.

Saiba mais

Quer conhecer ainda mais sobre serviços de compras, possibilidades de um marketplace e outros assuntos relacionados ao tema? Entre em contato conosco.

Realizamos trabalhos entre diversas empresas, comprando no atacado para revender posteriormente. Não perca mais tempo e fale com a gente.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cart
Your cart is currently empty.