Pesquisas demonstram a relação entre tecnologia e redução de custos

Pesquisas demonstram a relação entre tecnologia e redução de custos

Em tempos de arrefecimento da economia e aumento da disputa por espaços no mercado, é natural que se aumente a busca por ferramentas que aumentem a produtividade e reduzam os custos das empresas.

Para fazer frente a estes desafios, as empresas brasileiras, em especial as do ramo da construção civil, têm investido em tecnologia. A tecnologia é levada em consideração quando o cliente decide pela compra do imóvel? Quais tecnologias são usadas atualmente na indústria da construção civil e qual tem sido o seu uso principal? Como ter informação sobre a obra em tempo real para tomada de decisões? Este post trará algumas informações que lhe ajudarão a responder a estas perguntas.

Empresas que investem em tecnologia agradam o cliente

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) recentemente divulgou pesquisa com o título “A inovação na Construção Civil no Brasil sob a ótica do consumidor”. Tal estudo, que teve alcance nacional, demonstrou que parcela considerável dos consumidores estão dispostos sim a pagar mais por itens de tecnologia incorporados ao imóvel a eles oferecido. Dividindo os entrevistados em faixas de renda, a pesquisa mostra que a maioria dos que ganham entre 5 a 10 salários mínimos aceitaria pagar 10% a mais por uma residência que ofereça tecnologia. O mesmo se verifica nas faixas entre 10 a 20 e acima de 20 salários. Interessante destacar que mesmo na menor faixa (até 5 salários mínimos), boa parte afirmou estar disposta a desembolsar 10% a mais pelo imóvel com tecnologia.

“Sugere-se então que os consumidores, em todas as faixas de renda, estão dispostos a agregar inovações e tecnologia em seus imóveis e essa disposição obedece a características regionais. Essa percepção positiva ganha força à medida que esteja claramente relacionada a benefícios substantivos que não impliquem gastos que o consumidor julga excessivos.” Extrai-se do estudo disponível em: http://www.cbic.org.br/sites/default/files/CBIC_Web.pdf.

Contudo, muitas empresas têm receio de trocar as práticas tradicionais que muitas vezes não são as mais eficientes, deixando de investir na industrialização e em melhorias de gestão como meios de aumentar a produtividade na Construção Civil, impedindo que este setor ganhe competitividade, como apontou Luiz Henrique Ceotto, membro do Comitê de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, em palestra no seminário “Como aumentar a Produtividade nos Canteiros de Obras – Boas práticas” (Revista Notícias da Construção, n. 139, nov. 2014, disponível em www.sindusconsp.com.br).

Sair das práticas rotineiras e reduzir custos

O uso do computador, da internet e do telefone celular em empresas de engenharia civil já é consagrado como prática adotada pela maioria. Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010 aponta que mais de 85% das empresas em diferentes faixas definidas pelo número de empregados usam a internet, mais de 87,7% usam o computador e mais de 91% usam o telefone celular. Estes números chegam a 100% para empresas com 500 ou mais empregados (Fonte: ftp://ftp.ibge.gov.br/Tecnologias_de_Informacao_e_Comunicacao_nas_Empresas/2010/tic_empresas_2010.pdf).

Mas o uso destas ferramentas, pode se resumir ao básico, mesmo durante anos, sem efetivamente reduzir custos ou imprimir maior produtividade. Sem falar na possibilidade de uso dos avanços tecnológicos que surgem a cada instante. A mesma pesquisa do IBGE demonstrou que das empresas com 10 ou mais pessoas da área da Construção e que utilizaram software, 97,9% adotam programas prontos para o uso. Hoje a mesma pesquisa precisaria incluir o Software como Serviço (Saas), tendência ainda não presente há aproximados 4 anos, sem falar no uso do smartphone que hoje prevalece sobre o uso do aparelho celular simples (cujo uso primordial é a telefonia).

Já se disse que tempo é dinheiro, mas hoje informação é dinheiro! Como ficar informado com o que acontece em sua obra momento a momento? Como ter em mãos dados confiáveis prontos para demonstração para apoiadores, fornecedores, colaboradores e clientes? O Mobuss Construção pode ser o que sua empresa precisa para usar as ferramentas tecnológicas que já disponibilizam dados, demonstrativos gráficos e relatórios para incrementar a produtividade, especialmente no acesso à informação em tempo real.

Veja abaixo tabela com os resultados já obtidos com a ferramenta:

Case Módulo Resultado JBW Qualidade Economia de 4 mil folhas de papel por empreendimento Frechal Qualidade Redução de retrabalho de 60% no serviço de reboco interno Frechal Qualidade Redução de custos de material e mão de obra com a cultura do fazer certo a primeira vez

Este post sobre tecnologia e redução de custos foi útil para você? Comente e compartilhe!

Fonte: www.mobussconstrucao.com.br/blog/tecnologia-e-reducao-de-custos

Cart
Your cart is currently empty.