O que é BDI e como calcular para suas obras?

O que é BDI e como calcular para suas obras? | Mobuss Construção

Para obter sucesso com as vendas de qualquer empreendimento, todo profissional sabe que é muito importante calcular corretamente todos os gastos, não só os diretos mas também os indiretos. Por isso, as empresas da construção civil precisam ficar atentas e entender o que é BDI e como ele funciona na prática.

A primeira coisa que precisa ficar clara é a diferença entre os custos diretos e indiretos.

  • Os diretos são aqueles incidentes dos insumos, da mão de obra ligada à execução dos serviços construtivos e dos equipamentos utilizados em uma obra. Eles já são acrescidos de seus devidos encargos, sejam sociais ou trabalhistas, bem como fatores de perda, rendimento e reaproveitamento.
  • Já os custos indiretos são todos aqueles que não estão diretamente atrelados aos serviços e insumos da obra. Um exemplo claro de custo indireto é o com a parte administrativa da obra, tanto com aluguel e gastos com os locais de trabalho, como com os salários. 
  • O principal motivo para entender melhor o que é o BDI, é para que os cálculos gerem um orçamento de obras mais assertivo e realista. Dessa forma, as empresas conseguem ter uma melhor ideia do quanto será efetivamente gasto em uma construção, permitindo que seja estipulada uma margem de lucro sobre o valor final da obra.

    Com o orçamento e o BDI calculados de forma correta, uma obra pode ser construída com maior controle de gastos e consequentemente mais econômica. Isso diminui, consequentemente, seu preço de venda.

    Afinal, o que é BDI?

    O termo BDI é uma abreviação de Benefícios e Despesas Indiretas, e está relacionado com a porcentagem de custos indiretos e dos lucros de uma obra. O objetivo principal é englobar o custo total da construção, cobrindo com precisão as despesas com custos indiretos, como a administração, os impostos, os seguros, as incertezas e as despesas financeiras.

    Basicamente, na hora de calcular o preço final de um empreendimento, se faz o acréscimo do BDI aos custos diretos, garantindo a inclusão do resto das despesas do projeto e adicionando o lucro desejado. Dessa forma, o BDI é uma importante ferramenta para que a empresa consiga um orçamento de obras realista, sem que o preço de venda seja muito alto ou baixo, garantindo um bom lucro e competitividade.

    Durante a etapa do orçamento, muitos profissionais utilizam bancos de dados, como o TCPO, ou tabelas, como a do SINAPI, para consultar preços de referência e composição de custos de serviços. Mas vale lembrar que o SINAPI não considera o BDI no custo da composição de serviço. Por isso, ele deve ser adicionado de acordo com os cálculos da empresa.

    Como calcular corretamente o BDI?

    Não há uma forma única de se calcular o BDI, já que cada obra apresenta fatores distintos, mas geralmente se usa a seguinte fórmula, recomendada pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC):

     

    • BDI ={ [ ( 1+ AC + CF + S + MI ) / ( 1 – T – L – G ) ] – 1} x 100

     

    Na fórmula, cada sigla significa:

      • AC é a porcentagem da Administração Central, variando geralmente de 7 à 12%, dependendo do porte da empresa;
      • CF é a porcentagem referente ao Custo Financeiro, obtido no contrato;
      • S é a porcentagem referente aos Seguros incluídos no contrato;
      • MI é a Margem de Incerteza, utilizada somente nos casos de empresas contratantes;
      • T é a porcentagem resultante da soma dos tributos municipais, estaduais e federais, como ISS, ICMS e INSS;
      • L é a porcentagem referente aos Lucros previstos, ficando a cargo de cada empresa, mas levando em consideração as condições do mercado.
      • G é o custo para  cumprir o contrato com as garantias previstas.

     

     

    Vale ressaltar que cada empresa e obra são únicas e apresentam diversos fatores, como a variação da localidade, que acabam gerando custos indiretos muito diferentes. Sendo assim, o BDI não é absoluto e deve ser calculado de acordo com cada situação, gerando um preço de venda mais realista.

    Não há, portanto, um valor mínimo ou máximo para o BDI, variando conforme os gastos e despesas de cada empresa, bem como os valores de impostos e outros custos acordados em contrato. O que vale, no fim, é o bom senso e a estratégia de conciliar a melhor margem de lucro possível e o menor preço de venda, garantindo competitividade no mercado.

    Como a tecnologia pode ajudar?

    Depois de saber o que é BDI e como calculá-lo, é hora de falarmos como as soluções tecnológicas são grandes aliadas na hora de avaliar e entender todos os gastos durante uma obra. 

    Com elas, é possível registrar, de forma organizada e clara, todos os processos construtivos. Além disso, ajudam a obter métricas mais assertivas, com melhores previsões de retorno do investimento. Isso permite acompanhar o cumprimento de metas e objetivos mensurados para a empresa.

    Dessa forma, todo o gerenciamento da obra pode ser otimizado com o auxílio de softwares especializados. Com uma melhor integração entre os profissionais e as vertentes da obra, fica mais ágil e produtivo acompanhar tudo que acontece. Também evita gastos e desperdícios na construção, possibilitando o aumento da margem de lucro no preço final.

    gruopwhatsapp
    gruopwhatsapp

    Calcule o BDI corretamente e não tenha imprevistos na obra!

    Como vimos, é crucial que os profissionais da construção civil entendam o que é o BDI, bem como saber calculá-lo corretamente conforme as necessidades da empresa e de cada obra. 

    Além disso, investir em tecnologias que auxiliem no gerenciamento da obra pode ser uma boa estratégia para ter dados de obras antigas e de produtividade, por exemplo, que podem auxiliar nos cálculos e previsões para o orçamento de obras e para o BDI. Com elas obtemos um maior controle e eficiência no acompanhamento dos serviços. 

    Assim, os empreendimentos terão preços de vendas mais realistas, baseados em dados de todos os gastos reais com a obra. Isso possibilita que as empresas mantenham preços atrativos para suas construções, ficando à frente da concorrência e melhorando as chances de sucesso no mercado.

    Agora você já sabe o que é BDI, sua importância e uma fórmula geral para calculá-lo. Além de receber uma dica de como utilizar softwares de gerenciamento para melhorar etapas como a de avaliação dos custos. Mas, se ficou alguma dúvida ou sugestão, comente aqui embaixo e fique de olho nos posts do nosso blog!

     

    imagem10-05-2021-09-05-44
    imagem10-05-2021-09-05-44

    Fonte: www.mobussconstrucao.com.br/blog/o-que-e-bdi

    Cart
    Your cart is currently empty.