NBR 6122: tudo sobre projeto e execução de fundações

NBR 6122: tudo sobre projeto e execução de fundações

Um dos principais objetivos que se deseja atingir ao finalizar uma construção é que ela seja estável e segura. Para isso, os profissionais devem prestar muita atenção no projeto e execução da fundação de uma obra, garantindo a utilização do melhor método construtivo e sua correta aplicação. Assim, é crucial seguir todas as recomendações e exigências da norma reguladora NBR 6122.

A fundação é responsável por transmitir para o solo todas as cargas provenientes da edificação. Por isso, se ela não for corretamente projetada e executada, a construção pode apresentar problemas como rachaduras, recalques e até seu desmoronamento, além de seus usuários correrem risco de vida. Esses tipos de problemas são difíceis de consertar, muitas vezes custando enormes quantias de dinheiro e um longo período de tempo.

Dessa forma, as empresas e profissionais devem fazer de tudo para garantir que a fundação de uma obra seja a mais adequada e que sua execução siga rigorosamente todos os padrões exigidos. Para isso é que foi criada a NBR 6122 – Projeto e Execução de Fundações, um documento essencial para todas as obras no Brasil, responsável por regulamentar toda a etapa construtiva da fundação de edificações.

Vale ressaltar que as Normas Técnicas brasileiras (NBRs), como a NBR 15575, sofrem alterações e atualizações com o tempo, tanto para melhorar sua qualidade, quanto para adicionar novos métodos construtivos ou retirar processos obsoletos. 

Em 2019, a NBR 6122 sofreu uma revisão ampla, alterando vários pontos significativos. Por isso, é importante que os profissionais do setor se mantenham atualizados e saibam todas as mudanças nas NBRs.

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre NBR 6122 em áudio!

 

O que é a NBR 6122?

Como o título da norma já diz, a NBR 6122 se trata do Projeto e Execução de Fundações, abrangendo quase todos os tipos de fundações e especificando requisitos ideais para sua aplicação. 

No entanto, a norma não aborda fundações de aplicação restrita, como as sapatas estaqueadas, radier estaqueados, estacas de compactação e melhoramento do solo. Ela também não cita aquelas que estão em desuso, como caixões pneumáticos.

A norma foi elaborada em 1996 pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e foi revisada duas vezes, uma no ano de 2010 e outra mais recente, em 2019. Assim como todas as NBRs, a 6122 não é obrigatória, mas por força de lei deve ser cumprida. Ou seja, mesmo que as normas técnicas não sejam leis, elas podem ser exigidas por vários órgãos, que é o que acontece no CDC (Código de Defesa do Consumidor), por exemplo.

O principal objetivo da NBR 6122 é padronizar o projeto e a execução de fundações, com recomendações e etapas construtivas a serem seguidas em todas as obras, como casas, edifícios e pontes. Para isso, a norma especifica vários termos e definições, como fundações rasas e fundações profundas, e ainda estabelece regras de cálculos e ensaios técnicos.

 

Quais os principais pontos abordados na norma?

Primeiro é preciso ressaltar que a NBR 6122 é bem extensa, sendo dividida em 10 capítulos e vários subitens, anexos, gráficos, figuras e tabelas. Mas isso não poderia ser diferente, já que a etapa de fundação é uma das mais complexas e que mais impacta uma construção. Isso se dá pela existência de vários tipos diferentes de fundações e também pela longa lista de fatores que devem ser considerados.

No começo da norma temos o escopo, que estabelece seu objetivo e onde ela deve ser utilizada, e também temos as referências normativas. Assim como acontece com praticamente todas as NBRs, não se pode apenas levar em consideração uma norma, mas sim todo o conjunto de normas que se interligam. 

No caso da 6122, as fundações são feitas com diferentes materiais, precisam de estudos do solo, podem necessitar de aditivos e devem adotar medidas de segurança. Por isso, ela precisa ser complementada com diversas normas, entre elas: a NBR 5730 de concreto, a NBR 6457 de amostras de solo, a NBR 8800 de projetos de estruturas de aço e também a NBR 8681 de ações e segurança nas estruturas.

Depois são apresentados os Termos e Definições, onde são estabelecidas as expressões e elementos utilizados na norma. Passamos para Investigação Geológico-Geotécnica que estabelece os critérios para análise do solo. Temos então as Ações e Segurança nas Fundações onde são especificados critérios, como os estados limites últimos (ELU) e de serviço (ELS).

Mais para o fim da NBR 6122 temos o item relativo às fundações rasas, como as sapatas e blocos. Logo após são apresentados os critérios e tipos de fundações profundas, como as estacas e tubulões. 

Por último, temos um item de Desempenho das Fundações que trata sobre o monitoramento dos recalques medidos na estrutura em casos específicos, como aquelas com carga variável significativa e estruturas com mais de 55 metros de altura.

 

Mudanças na NBR 6122

Na revisão de 2019, a norma sofreu mudanças significativas e todo profissional responsável pela parte de fundações precisa ficar atento às alterações. A nova NBR 6122 conta com a adição de vários termos e expressões, visando justamente abranger um maior número de técnicas e não deixar lacunas. Uma outra mudança importante é que agora ela está mais alinhada com outras normas, como a NBR 6118 – Estruturas de Concreto Armado.

A revisão trouxe ainda a introdução de novos métodos construtivos, como o uso de concreto auto-adensável para fundações de hélice contínua. Além disso, há mais inúmeras alterações cruciais, sendo necessário que os profissionais leiam e comparem a nova versão com a antiga. Assim, teremos a garantia de que as fundações em novas obras serão feitas da maneira correta, seguindo as exigências da norma mais recente.

Como dito anteriormente, a etapa da fundação é uma das mais importantes em qualquer construção, já que assegura que todas as cargas serão devidamente descarregadas no solo, mantendo a estrutura estável e segura. Por isso, os profissionais devem conhecer, entender e sempre respeitar as exigências presentes nas normas, principalmente na NBR 6122, na hora da elaboração de projetos e execução de fundações.

Agora você já sabe do que se trata a NBR 6122, sua importância e os principais pontos abordados pela norma. Mas se ficou alguma dúvida ou sugestão, comente aqui embaixo e continue acompanhando os posts no blog.

 

imagem14-05-2021-21-05-24
imagem14-05-2021-21-05-24

Fonte: www.mobussconstrucao.com.br/blog/nbr-6122

Cart
Your cart is currently empty.